fbpx

Berçário – 4 aos 12 meses

O Colégio do Rio possui dois berçários para crianças dos 4 aos 12 meses. Cada berçário tem três áreas distintas: a sala parque (onde brincam e exploram o meio que as rodeia), a sala dos berços (onde dormem) e a sala de higienização (onde fazem a higiene diária). Asseguramos um ambiente calmo, alegre, seguro e afetivo e, ao mesmo tempo, uma parceria e uma relação de partilha e confiança com os pais, respeitando o ritmo e o desenvolvimento de cada criança.

Creche – 12 aos 36 meses

A creche está dividida em quatro salas dos 12 aos 24 meses e outras quatro salas dos 24 aos 36 meses. Nestas faixas etárias as crianças tornam-se mais autónomas e despertas para o mundo que as rodeia. A ação do educador centra-se na afetividade, no desenvolvimento da motricidade em geral, na linguagem, na socialização e nos mecanismos de controlo de higiene pessoal, respeitando sempre a individualidade de cada criança.

Pré-Escolar – 3 a 5 anos

O colégio possui quatro salas de Pré-Escolar, cada uma com capacidade para vinte e cinco crianças. As crianças dos três aos cinco já são autónomas, dominam a motricidade geral e aperfeiçoam a motricidade fina. Nesta faixa etária o educador planeia toda a sua ação de modo a proporcionar à criança uma responsabilização crescente, de acordo com o seu desenvolvimento global para que ela se sinta mais segura e estimulada. Pretende-se potenciar as diferentes áreas de desenvolvimento da personalidade da criança com base em valores morais, estéticos e cívicos.

1.ºCiclo – 1.º a 4.º Ano

No 1.º Ciclo existem quatro salas de aula e uma biblioteca escolar. Cada sala de aula representa um ano letivo, nomeadamente do 1.º ao 4.º ano, com capacidade para 25 alunos. Aqui tentamos possibilitar ambientes de aprendizagem que favoreçam a integração de saberes, o desenvolvimento da compreensão e do pensamento crítico, o aprender a ser, o aprender a colaborar, o aprender a fazer, o exercício da cidadania e o aprender a aprender, promovendo sempre ativamente o sucesso educativo aliado à interiorização de regras de estar na sala de aula, que fomentem um melhor comportamento por parte de alguns alunos.